Resenha

DESVENTURAS EM SÉRIE: A Sala dos Répteis, Lemony Snicket

11:23



A Sala dos Répteis (Desventuras em Série #2) por Lemony Snicket
  • Editora: Cia. das Letras
  • ISBN: 9788535919721
  • Ano: 2001
  • Páginas: 177
  • Gênero: Infanto-Juvenil;
  • Onde comprar:



    Continuamos a acompanhar a saga dessas desafortunadas 
    crianças – os irmãos Baudelaire


    Depois de Mau Começo, Violet, Klaus e Sunny são entregues aos cuidados de outro parente distante, o tio Monty, um excêntrico e alegre cientista especialista em herpetologia – um renomado estudioso de cobras! A história pode parecer animadora no início, mas em se tratando dos órfãos Baudelaire até mesmo acontecimentos agradáveis acabam sempre em sofrimento e desgraça. Ainda assim, a narrativa do Lemony Snicket é divertidíssima.


    Com a chegada de Stephano, o novo ajudante de tio Monty, os momentos felizes com o novo tutor caminham para um fim. Morte, acidente de carro, o retorno de seu arqui-inimigo, uma Víbora Incrivelmente Mortífera e passagens hilárias marcam A Sala dos Répteis. O autor ainda é cheio de ironia e faz também algumas alusões literárias.

    Dou muita risada dos impagáveis comentários da parte de nosso narrador e com a imensa ingenuidade dos adultos e seus absurdos. Sem dúvida uma leitura divertida para qualquer idade. Eu amo esses livros.


    .:: RECOMENDO ::.
    Minha Avaliação: ★★★★★ -> Ótimo!


    Leituras Similares:

    Quem poderia ser a uma hora dessas  Coraline  O nome deste livro é segredo

    Resenha

    Coraline, Neil Gaiman

    10:52





    Coraline por Neil Gaiman, ilustrações Dave McKean
    • Editora: Rocco
    • ISBN: 9788532516268
    • Ano: 2003
    • Páginas: 155
    • Gênero: Fantasia, Juvenil, Terror;
    • Onde comprar:



    Entre por essa porta e conheça o mundo secreto de Coraline habitado por seus piores pesadelos. 



    Coraline é uma garotinha esperta e também uma ótima exploradora que se mudou com seus pais para uma casa antiga, um lugar enorme, tão grande que outras pessoas também vivem lá. No apartamento de cima mora um senhor maluco que ensaia seus ratos para um "circo de ratos" e no andar térreo duas velhinhas rechonchudas (a senhorita Spink e a senhorita Forcible) com seus terriers.   



    Em um dia chuvoso em meio a suas explorações pela casa, Coraline descobre uma porta cuja passagem está bloqueada por tijolos, mas sua mente curiosa não deixa de fantasiar com o que pode haver do outro lado. Cero dia, ao destrancar a porta se depara com um corredor seguido de uma escuridão sem fim. A coragem vence o medo e ela entra cada vez mais fundo nesse outro mundo, lá a vida e a realidade se distorcem. O tentador e assustador são simultâneos, mas para ficar, Coraline precisa deixar sua outra mãe costurar botões em seus olhos.

    "(...) – Agora, vocês pessoas têm nomes. Isso é porque vocês não sabem quem vocês são. Nós sabemos quem somos, portanto não precisamos de nomes."


    A geniosidade de Gaiman é tamanha que ele não só fisga as crianças com sua fantasia assustadora (ao estilo Alice de Lewis Carroll) como também os mais velhos que irão se render ao seu encanto poético com elementos góticos e citações de Edgar Allan PoeUma leitura super indicada aos amantes da fantasia. 

    Dica: Leia o livro primeiro e só depois se delicie com o filme que também está incrível principalmente para quem é fã de animação.


    .:: RECOMENDO ::.
    Minha Avaliação: ★★★★★ -> Excelente!!!


    Leituras Similares:
    O Livro do Cemitério  A menina que navegou ao reino encantado  Nárnia

    Clássico

    A Revolução dos Bichos (teste 3)

    10:49





    A Revolução dos Bichos do autor George Orwell
    • Editora: Companhia das Letras
    • ISBN: 9788535909555
    • Ano: 2007 (ano de pub. 1945)
    • Páginas: 112
    • Gênero: Clássico;
    • Onde comprar:



    Uma das primeiras afirmações originais do antitotalitarismo.



    O enredo gira em torno dos animais da "Granja do Solar" que insatisfeitos com tanta exploração e,
    seguindo a liderança dos porcos, começam a pensar em revolução. Ate que um dia a revolta estoura e os bichos acabam tomando a granja. Liberdade! Finalmente estão livres do homem – "a causa principal 
     da fome e da sobrecarga de trabalho". Agora plantam e colhem em beneficio próprio num sistema igualitário. Mas nem tudo é tão bom quanto parece, e a revolução acaba se mostrando uma tirania. Os lideres desse regime totalitário da "Granja dos Bichos" são os porcos que  usufruem de privilégios e progressivamente restituem um regime de opressão. 

    Já mencionei – resenha 1984  o sentimento revoltante e ao mesmo tempo assustador que os livros do George Owrell pode causar, e confesso estar ainda mais apaixonada por essa escrita... Outra crítica feroz. Dessa vez uma sátira da ditadura stalinista – revolução russa. A intenção de Orwell em 'A Revolução dos Bichos' é atacar o mito soviético numa história que fosse "fácil de compreender por qualquer pessoa", e ele conseguiu. 



    Os bichos são primeiro explorados pelos homens muito parecido à maneira como o proletariado é explorado pelos ricos. Aqui esses animais adquirem inteligência, fala e coragem de derrubar seus exploradores, porém, em um segundo momento, se vêem numa escravidão nova e mais impiedosa nas mãos de seus semelhantes. Todos os animais seriam proclamados iguais, só que – "alguns são mais iguais que outros".

    Um livro impecável! Onde a reescritura da história, os julgamentos e as execuções em massa são representados com grande nitidez. Seus personagens e ideias irão me assombrar por muito tempo mais.

    .:: RECOMENDADÍSSIMO ::.
    Minha Avaliação: ★★★★★ -> Excelente!!!
    Leitura TOP 



    Teste 2

    10:46



    O Jardim Secreto por Frances Hodgson Burnett
    • Editora: Penguin – Companhia
    • ISBN: 9788563560605
    • Ano: 2013 || Lançamento: 1911
    • Páginas: 344
    • Gênero: Clássico, Infantil;
    • Onde comprar:

    Ahh, O Jardim Secreto! Quando criança eu vivia encantada com o filme e só agora pude finalmente conhecer o clássico, que apesar de infantil é uma leitura inspiradora


    A narrativa tem seu foco em duas crianças estragadas por tanto mimo. Primeiro conhecemos Mary Lennox, uma garotinha intragável e cheia de birras que morava na Índia. Mary passou a vida sendo esquecida, antes pela mãe que só pensava em festas e agora por todos da casa após um surto de cólera que matou seus pais e fez todos da casa fugirem as pressas deixando a pobre garota sozinha. Após resgatada, Mary foi mandada para a Inglaterra, para morar numa casa imensa e vazia pertencente ao seu tio, o sr. Craven que após perder a esposa à dez anos tornou-se um homem solitário e infeliz.

    "Ela tinha um rostinho chupado, um corpinho magricela, cabelo claro muito ralinho, e estava sempre de cara amarrada."

    Até então Mary não tinha nenhum contato com a natureza, não tinha ânimo, nem mesmo brincava, e tão pouco comia. Mas na Mansão Misselthwaite a visão dessa "Mariazinha Enfezadinha" começa a mudar, ainda mais depois de descobrir da existência de um jardim proibido.

    É maravilhoso acompanhar a evolução dos personagens, e é isso que acontece o tempo inteiro em O Jardim Secreto. Após mudarmos a visão que tínhamos da Mary, o foco da narrativa passa para seu primo Colin Craven, uma criança pessimista e cheia de chiliques, que nunca se levanta e as poucas vezes que saia do quarto era em uma cadeira de rodas.

    Colin tinha medo de tudo e estava sempre doente, todos tinham que fazer suas vontades: "Eu fico doente quando me zango", –  ele dizia. 

    Quando Colin conhece Mary e fica sabendo sobre o jardim secreto, passa a ser mais alegre. Ouvir suas histórias sobre o jardim, o pisco (um passarinho inteligente e com papel importante no livro) e Dickon, um garotinho "rústico" e também um encantador de animais, transformam Colin.

    "A Mágica está sempre empurrando, puxando e fazendo coisas aparecerem do nada. Tudo é feito de Mágica..."

    Essas crianças acreditam numa especie de fé em si mesmas, que elas chamam de Mágica, e o jardim secreto proporciona isto. O livro tem essa leve puxada para a fantasia e é exatamente o que faz dele tão inspirador, seja para crianças ou adultos. Uma leitura agradável e muitas vezes emocionante. 


    .:: RECOMENDO ::.
    Minha Avaliação: ✪✪✪✪ -> Ótimo!
    Essa edição (assim como os outros clássicos da Penguin) está impecável, e apesar de não ter orelhas e ser de tamanho um pouco menor (20 x 13 cm) o livro não é de bolso – o espeçamento da fonte é bom e não cansa as vistas.


    luz

    Teste

    09:04

    akhsaihsoiadab
    alknskndksndndndnjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjsbjabjsjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjabsjabdjadbjdbjdajdbdjbdjdbjdbdjbdjdjdbjdbajdbjdbjadbbfçksdkksdbgkbdkgbkdjbkjbfbgibgfsnoidshfuashdiufibfdisi\bsugtuiugblibsl\uivbiubvivbsj\vbljvbjk\bv\jsbibduijshfusfuasfhj\bsjf\bsidfbuesb\bjbseuihfçNAKDNÇÇJAShuAWjbjsdjdbsbrjsfjurbejbfjbfuhfien.

    Onda eletromagnética

    djfjebfjfbjiebjiwbfjiefbjIEFBJEWBJBFJBFJBIRHihfuiewiwjbgiwbwuegwnfweifhinveiicnasjdosaidj fsafaishiahfindnfidaiorhairh

    Popular Posts

    Like us on Facebook

    Flickr Images